tarte de limão “dos óscares”

21 02 2008

esta é a minha tarte de eleição, é uma receita da minha autoria, e só agora percebi que não tenho quase fotos nenhumas dela, não é estranho??

chamamos-lhe “dos óscares” porque tornou-se tradição levá-la para as sessões de “enfardamento” em noite de óscares, onde era acompanhada das mais variadas iguarias, desde os crepes da mariana, com nutela e com a ajuda da sofia, até aos pastéis de belém, ovos moles de aveiro, tarte de chocolate da avó do miguel (deliciosa!!), salame de chocolate, e muitas mais. eu comia e comia e comia, entre risos e galhofas e coisas que tais, e depois ia me deitar, quando a taralhoca, a baillaroska, e as outras meninas (e meninos, já em fase posterior) faziam pausa na comida para ver a cerimónia dos óscares. sim, sim, que eu sou aquela que não só tenho mau feitio quando fico com sono, como não sei o nome de mais do que 4 ou 5 actores/actrizes =P

esta tarte é daquelas que ou se adora ou não se gosta de todo. para quem gosta, cá vai a receita:

Ingredientes e Preparação:

para a massa:

  • 200gr de farinha
  • 1 colher de sopa de açúcar
  • 1 gema
  • 1 colher de sopa, mal cheia, de vinagre
  • 100gr de manteiga

Juntam-se os ingredientes todos numa taça, amassam-se com as mãos e quando estiver homogéneo, forra-se a tarteira, previamente untada com manteiga. pica-se a massa com um garfo, e vai ao forno 5 minutos. Desliga-se o forno, entreabre-se a porta, e deixa-se estar.

para o recheio:

  • 1 lata de leite condensado
  • 2 gemas
  • raspa e sumo de 1 limão
  • 1 pacote de natas (200ml)
  • maizena “engrossa molhos” qb

Num tachinho anti-aderente, deite o leite condensado, as gemas e a raspa do limão e leve ao lume, mexendo de vez em quando, até começar a borbulhar. Junte as natas, vá mexendo até o creme voltar a borbulhar, e aí junte o sumo de limão. O preparado vai engrossar um bocadinho, logo que comece a ferver, mas não o suficiente para se manter depois na forma, então convém juntar cerca de 2 colheres de sopa de maizena “engrossa molhos”, rasas (a maizena normal, ficaria cozida e em grumos, de imediato, por isso não convém usar) e deixar cozer. O creme deve ficar consistente mas não duro, talvez seja necessário juntar um pouco mais de maizena, vai depender sempre, eu nunca consigo usar a mesma quantidade, é sempre variável ;).

Deita-se o creme, ainda quente, na tarteira, e deixa-se arrefecer perto de uma janela, para o recheio da tarte ficar consistente e não entornar.

para o merengue:

  • 3 claras
  • 90gr de açúcar

Batem-se as claras em castelo, junta-se o açúcar e bate-se mais um pouco, e depois espalha-se o merengue por cima do recheio da tarte. Eu espalho com uma faca, para alisar, e atiro – literalmente – os últimos pedacinhos de merengue, para ficar mais bonitinho :) polvilha-se com açúcar (pouco!) e vai ao forno até o merengue estar douradinho =)

Ao tirar do forno, cuidado para manter a tarteira direita, o recheio quente tem tendência para entornar. Com cuidado, descola-se a massa de tarte das paredes da tarteira, mas convém desenformar fria.

 

tarte de limão dos óscares

Bom Apetite!

Anúncios




Rolinhos de couve recheados!! :p

4 12 2007

Esta é mais uma receita, simples e deliciosa… o especial dela é que a minha mãe costumava fazer aos fins de semana quando eu era pequenina e eu lembro-me de ser dia de festa pra mim :) então ontem, como tinha uma couvete de carne picada, e não sabia o que fazer com ela, decidi: cabbage rolls!!!!

Ingredientes:

  • 750g de carne picada

  • 1 chávena de arroz cozido

  • meia chávena de cebola picada

  • 1 ovo batido

  • 1 1/2 colher de sopa de sal

  • 2 colheres de sopa de pimenta (ou mais, eu meto sempre muita)

  • meia chávena de leite

  • orégãos a gosto :)

  • 2 chávenas de polpa de tomate

  • 2 chávenas de pedaços de tomate (aquele que vem em lata, aos pedaços e sem pele)

  • meia chávena de agua

  • 3 colheres de sopa de açúcar

  • 2 colheres de sopa de vinagre

  • 10 folhas de couve coração de boi (+/-)

Preparação:

Antes de mais, liga-se o forno a 35º (médio) para que pré-aqueça!

Coze-se o arroz e reserva-se para que arrefeça. [o mais simples é cozer o arroz de manhã, caso queiram fazer os rolinhos pra jantar, assim é mais rápido]

Enquanto isso, mete-se uma panela de água ao lume até ferver; quando a água estiver a ferver, colocam-se as folhas de couve e tapa-se. Deixam-se cozer por 3 minutos, uma breve cozedura. Retira-se do lume, escorre-se e passa-se por água fria. Coloca-se num prato e deixa-se arrefecer.

À parte, num tacho, despeja-se a polpa de tomate, os pedaços de tomate, a água, o açúcar, o vinagre, umas pitadas de pimenta e oregãos. Vai ao lume até ferver e deixa se apurar.

Num recipiente, junta-se a carne picada, o arroz cozido, a cebola, o leite, o sal, a pimenta, os oregãos e o ovo. Amassa-se tudo muito bem amassado :)

Agora e tempo de fazer os rolinhos :) é muito simples, pega-se numa folha de couve e no centro coloca-se uma porção do preparado de carne com arroz; enrola-se e prende-se com um palito; coloca-se num pirex… vão-se fazendo rolos até se esgotar o recheio :)

Quando os rolinhos estiverem prontos, despeja-se o preparado de tomate e vai ao lume medio (35º) por 40 a 45minutos!!!! Simples n é…? e muito bom!!!!

Image Hosted by ImageShack.us

P.S: Esta imagem foi tirada da net, porque não cheguei a tirar foto ontem, mas o resultado é este… =)